Tendências Descubra 7 tendências tecnológicas para o mercado em 2022

Acompanhe o nosso guia e fique por dentro das próximas 7 tendências tecnológicas para o ano de 2022. Confira e descubra as novidades!

A tecnologia tem sido decisiva para a sobrevivência de muitos negócios durante a pandemia causada pela Covid-19, além disso, o atual cenário acelerou ainda mais os avanços em inovação, forçando as empresas a se adaptarem, de modo a manterem a disputa e competitividade do mercado.

O ano de 2021 foi de grandes mudanças no cenário empresarial, fazendo com que as organizações aperfeiçoassem seus processos, adaptando o momento ainda de pandemia, mas já se permitindo algumas flexibilizações, como a adoção do teletrabalho e algumas tendências tecnológicas.

O atual momento também trouxe mudanças significativas nos hábitos dos consumidores. Por isso, é importante que as empresas estejam atentas a esse fator, sempre buscando se diferenciar e trazer para o jogo pontos de destaque competitivos que venham gerar engajamento, conversão e fidelização.

Portanto, dentro desse panorama que tende a ser mais promissor do que nesse último ano, é fundamental ficar de olho nas tendências tecnológicas para 2022 e se preparar para explorar novos públicos e consumidores por meio de uma cultura organizacional orientada por dados.

Neste post, abordaremos as 7 tendências tecnológicas para 2022 que podem causar impactos consideráveis no mundo corporativo!

Ficou interessado no tema? Vamos lá!

1. Rede de dados 5G

5G

O 5G é uma tecnologia caracterizada por ser muito mais rápida do que sua antecessora, o 4G. Isso permite também que um número maior de dispositivos seja conectado sem perda de qualidade.

A partir dessa notícia, muitas organizações e, até mesmo, pessoas comuns estão esperando a chegada dessa nova rede de conexão para otimizarem suas experiências e comunicações.

O 5G foi pauta importante em 2021, graças ao leilão da operação dessa tecnologia aqui no Brasil. A disputa foi vencida por 10 empresas, que instalarão a rede da “internet das coisas” nas 27 capitais nacionais até julho de 2022.

Em termos de legislação, só no início de dezembro de 2021 eram 35 cidades já prontas para receber o 5G, que promete fazer uma conexão ainda maior com a população.

No mundo corporativo, isso significa uma maior velocidade no fluxo de informações que circulam na rede, proporcionando benefícios relacionados a novas oportunidades de negócios, por exemplo.

Uma pesquisa realizada pela Qualcomm indica que mais de 80% dos entrevistados acreditam que o 5G aumentará a produtividade em uma escala nunca vista, criar mercados e indústrias, auxiliar os pequenos negócios a crescer e tornar as empresas cada vez mais globais e competitivas.

Vale mencionar que, no Brasil, são 9800 localidades sem acesso à internet e, segundo o ministro da comunicação do Governo Federal, Fábio Faria, o dinheiro do leilão para operar o 5G será usado para implementar internet nesses locais.

Quais áreas de negócios serão mais impactadas no Brasil?

O estudo realizado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, em parceria com o BNDES e com o CNPq, intitulado de Plano Nacional de Internet das Coisas, prevê que o impacto do 5G será principalmente em 4 áreas:

  • Agronegócio;

  • Cidades Inteligentes;

  • Indústria;

  • Saúde.

Veja a seguir alguns prováveis exemplos.

  • Logística

A partir desta tendência tecnológica que é o 5G, será possível planejar e acompanhar as rotas de transporte em tempo real, o que dará mais segurança e confiança. Com as smart cities será ainda mais fácil prever ou alterar rotas por causa de acidentes ou congestionamentos.

  • Saúde

Na área da saúde será possível monitorar e operar pacientes à distância, o que abrirá várias possibilidades para o setor, tais como: inovações na indústria farmacêutica, criação de novos exames, aplicativos de acompanhamento, seguros e planos mais personalizados.

  • Indústria

A chegada da tecnologia 5G trará diversas oportunidades para indústrias relacionadas à automação. Alinhada às inovações da Indústria 4.0 é esperada uma verdadeira explosão de serviços, processos e mão de obra.

  • Varejo

O uso da realidade virtual e do cloud computing gerará uma imersão em produtos e serviços a distância, além de criar canais de vendas totalmente inovadores e conectados ao consumidor.

Um exemplo é a loja da Amazon Go, na qual os clientes não precisam passar em caixas para pagar os produtos.

  • Telefonia

Sabemos que a rede 5G trará uma velocidade 10 vezes maior para upload e download de dados.

Outro benefício dessa tecnologia é que as chamadas de vídeo e as reuniões por videoconferência serão mais estáveis, aumentando o nível de profissionalismo.

Isso trará também o aumento da quantidade de trabalhos remotos e ampliará as possibilidades de integração.


2. Inteligência Artificial

inteligência-artificial

A Inteligência Artificial (ou IA) é um ramo de estudo da ciência da computação que lida com algoritmos capazes de representar o comportamento humano.

Essa tendência tecnológica é usada em diversas aplicações, como em chatbots de atendimento, medicina e setor bancário.

Além disso, está por trás a chamada análise preditiva, que permite a uma empresa se antecipar aos novos hábitos de consumo do público e o comportamento futuro do mercado.

Soluções como o IBM Watson, Microsoft LUIS e DialogFlow ajudam muito nesse processo de automação por Inteligência Artificial e em nossa solução de chatbot, você pode escolher qual delas deseja utilizar.


3. Computação em nuvem

Computação-em-Nuvem

Aqui outra tendência tecnológica, o armazenamento em nuvem. Este sistema traz diversos ganhos ao negócio, além de ter uma segurança maior se comparado com os servidores tradicionais.

Vale também ressaltar que a contratação desse serviço permite que os sistemas internos da empresa sejam mais estáveis e suportem picos de demanda, mediante um pagamento mensal.

Assim, a companhia solicita recursos de armazenamento e processamento de acordo com as suas necessidades.

4. Segurança da informação

segurança-e-informação

A transformação digital trouxe também um problema que pode comprometer bastante as empresas, que é a segurança da informação.

Além dos já conhecidos firewalls e antivírus, é preciso lançar mão de outros meios que sejam úteis para evitar acessos indevidos e extravio de dados sensíveis de uma companhia.

A criptografia, hoje, é um dos principais mecanismos utilizados, de modo que os seus algoritmos são desenvolvidos para exigir um esforço computacional cada vez maior por parte dos cibercriminosos que desejarem decifrar mensagens enviadas na rede.

É preciso lembrar ainda da Lei Geral Proteção de Dados — LGPD, que entrou em vigor completamente em 2021, mesmo que promulgada em 2018 e ter começado a valer em partes em 2020.

Mas com a mudança de alguns artigos, finalmente a LGPD está em sua totalidade em vigência.

As empresas já estão se adequando, portanto, há pelo menos 3 anos e agora é necessário se preocupar ainda mais com essa questão.

Isso fará com que os negócios procurem soluções que podem contribuir com a segurança de dados dentro da corporação — principalmente no que diz respeito a informações de seus clientes.

5. Experiência por voz

A tecnologia de voz não é exatamente uma novidade. Seja pelo consumo cada vez maior de assistentes como a Alexa ou o Cortana, esse tipo de inteligência artificial tem se consolidado no mercado.

Essa experiência tende a ser maior em 2022. Mais do que se criar comandos, a previsão de pessoas começarem a comprar usando apenas a voz. Sem abrir tela, sem precisar digitar.

Mais do que agilidade, os consumidores estarão atentos naquelas empresas que usam essa inteligência artificial de modo que a interação seja próxima a de uma pessoa real.

6. Chatbots ainda mais inteligentes

Com certeza a palavra “chatbot” não é exatamente uma palavra nova para você ou sua empresa.

Acontece que os últimos dois anos mostraram a tendência de que as pessoas comecem a comprar mais pela internet. Logo, o suporte e atendimento a esses consumidores se tornou maior.

Aperfeiçoar os chatbots é primordial para que o relacionamento com leads e a fidelização de clientes possa ser melhor.

Esse aperfeiçoamento vai ao encontro com outra tendência para 2022, que é exatamente o da inteligência artificial, sem esquecer da experiência de voz, um aprimoramento natural desse canal.

Saiba mais sobre as melhores práticas e o avanço dos chatbots nesse artigo.

7. Hiperautomação

A automatização é uma das grandes buscas de empresas que querem eliminar burocracias, otimizar processos e ganhar tempo em estratégia e atendimento ao cliente.

A hiperautomação é uma evolução desse tema, que tratará ainda outros aspectos como o RPA, e Machine Learning, conseguindo produzir conteúdos e operar sistemas complexos.

As 7 tendências para 2022 na área de tecnologia apresentadas neste texto fazem com que as empresas se adaptem melhor a essa realidade de pandemia.

Dessa forma, elas não só se mantêm operacionais, como também encontram na transformação digital oportunidades de fidelização do cliente, crescimento e consolidação no mercado.

Conclusão

Viu como as tendências tecnológicas para 2022 podem impactar o seu negócio? Algumas se aperfeiçoaram ao longo de 2021 e agora prometem redefinir o rumo da vida das pessoas e das empresas, como o 5G.

Além de melhorar o relacionamento entre empresas e consumidores, como a inteligência artificial, a experiência em voz e a segurança de dados.

Conheça nossas soluções já alinhadas com essas tendências! Visite agora nosso site!
https://www.izysoft.com.br/wp-content/uploads/2020/07/branco.png
https://www.izysoft.com.br/wp-content/uploads/2017/03/logo_white.png

Rua Santa Cecília, 2700 – Pires Façanha – Eusébio/CE